Alcachofra

> Chás > Home < Voltar

Alcachofra é Rico em Antioxidantes: Alcachofras tem mais antioxidantes do que qualquer outro vegetal . Alguns dos poderosos antioxidantes presente na alcachofras são quercertina, rutina, antocianinas, cinarina, luteolina e a silimarina.

Benefícios da Alcachofra Na Prevenção e no Tratamento do Câncer: Estudos feitos com extrato da folha da Alcachofra descobriram que induz a apoptose (morte celular) e reduzir a proliferação celular em muitas formas diferentes de câncer, incluindo câncer de próstata, leucemia e câncer de mama. Um estudo italiano descobriu que uma dieta rica em flavonóides, um composto presente na alcachofra reduz o risco de câncer de mama.
Alcachofra Aumenta o Fluxo Biliar: A polpa das folhas das Alcachofras contém um antioxidante chamado cinarina que aumenta o fluxo biliar.

Alcachofra é Benéfica para o Fígado: Graças a cinarina e outro antioxidante, silimarina, as alcachofras são benéficas para o fígado. Estudos descobriram que elas podem até mesmo regenerar o tecido do fígado. Além disso, as Alcachofras têm sido muito utilizadas pelo povo e na medicina alternativa para o tratamento de doenças do fígado.

Alcachofra Melhora a Digestão: As Alcachofras ajuda o sistema digestivo. Elas são um diurético natural, portanto ajudam a digestão, melhora a função da vesícula biliar e como mencionado acima, são de grande benefício para o fígado.

Alcachofra é Benéfica no Tratamento da Ressaca: Graças aos seus efeitos positivos sobre o fígado, muitas pessoas juram que as alcachofras é um excelente remédio no tratamento da ressaca. tente as folhas de uma alcachofra.

Alcachofra Ajuda na Diminuição do Colesterol: Ingredientes nas folhas da alcachofra reduz o colesterol . Eles aumentam o bom colesterol (HDL) e baixa o mau colesterol (LDL).
Alcachofra é Rico em Fibras: Uma grande alcachofra contém um quarto da ingestão diária recomendada de fibras. A alcachofra pequena tem mais fibra do que uma xícara de ameixas.
Para que serve a alcachofra?
A planta pode auxiliar no estímulo ao fluxo de bílis do fígado, e ainda há indícios de que ela pode auxiliar na redução de sintomas e mal estar, como azias e queimações. Afirma-se que a alcachofra pode reduzir sintomas comuns de “ressacas” pós consumo de bebidas alcoólicas, também. A sua funcionalidade também pode se estender à redução de colesterol elevado, síndrome de intestino irritável, problemas renais, retenção de líquidos, anemia, infecções de bexiga, artrite e problemas hepáticos.
Algumas culturas locais utilizam a alcachofra para o tratamento de picadas de cobras, no tratamento e prevenção de cálculos biliares, redução de pressão arterial, redução dos níveis de açúcar na corrente sanguínea, além de ser utilizada como estímulo para o aumento de fluxo de urina, como tônico ou estimulante.
As folhas da alcachofra e os extratos podem ser utilizados no preparo de bebidas, assim adicionando um sabor singular. Podemos encontrar substâncias químicas como a Cinarina e o ácido clorogênico na alcachofra, os quais são frequentemente utilizados como adoçantes.

 De uma forma geral, a alcachofra possui produtos químicos que podem reduzir náuseas, vômitos, espasmos e gases intestinais, o que contribui para o funcionamento regular e equilíbrio do sistema digestivo de um modo geral.

Éla muito conhecida pela sua popularidade no processo de emagrecimento, mas será mesmo que ela pode auxiliar na perda dos quilinhos a mais? Bom, podemos reconhecer que a alcachofra emagrece, por não contribuir com calorias extras em uma dieta, além de possuir alta contribuição de fibras, as quais podem reduzir o apetite e reduzir a compulsão alimentar, um dos fatores responsáveis pelas pessoas permanecerem acima do peso.